Mário's Team é uma equipe de corredores composta por jovens e seniores, ambos os sexos, empresários, profissionais liberais e outros, que gostam de correr, participar de competições ou que procuram deixar o sedentarismo, buscando melhorar o desempenho pessoal ou melhorar a qualidade de vida.

Prof. Mário Mello atuou por vários anos no Clube Paineiras do Morumby como preparador físico de esportes competitivos. Nos últimos anos dirige a sua academia, prestando serviços para pessoas-fisicas mas também para empresas, dentre elas, Roche, SempToshiba, Buffet França. É graduado em Educação Física, pós-graduado em Treinamento Desportivo e maratonista.

Site: www.mariosteam.com.br



Formar pessoas para a vida é principal o foco da Ação Comunitária

Instituição já atendeu mais de 112 mil pessoas e hoje é considerada a melhor provedora de soluções na área de Responsabilidade Social da capital

Transformar a vida das pessoas investindo na formação por meio da educação, cultura, empregabilidade e cidadania. Assim tem sido a trajetória da Ação Comunitária desde 1967, quando foi criada por empresários comprometidos com causas sociais. Quarenta anos depois, a instituição virou uma referência no Terceiro Setor, já tendo atendido mais de 112 mil pessoas, entre 03 e 21 anos, numa das regiões com maior índice de exclusão social e violência e baixo nível de escolaridade de São Paulo, a Zona Sul.

Quando iniciou suas atividades, a Ação Comunitária foi ousada e pioneira. Focou seus esforços para a formação das lideranças das sociedades de bairros, associações de moradores e organizações religiosas. “A Ação percebeu que só conseguiria levar adiante seus projetos tendo não só o apoio destas lideranças como também a participação efetiva delas na aplicação e desenvolvimento destes programas”, diz Celso Freitas, superintendente da Ação.

Hoje são 63 lideranças que atuam diretamente nos programas da Ação, em 22 diferentes comunidades de Capela do Socorro, Campo Limpo, M´Boi Mirim, Cidade Ademar e municípios de Embu Guaçu e Itapecerica da Serra. E estes programas sociais, educacionais e culturais também contam com um importante diferencial: a metodologia. Aplicada pelo corpo técnico da Ação Comunitária aos mais de 144 educadores sociais envolvidos nos programas, tem o objetivo não só de ensinar, como também de criar bases sólidas para enfrentar as adversidades dos grandes centros urbanos.

A proposta pedagógica está fundamentada na teoria construtivista, no Referencial Curricular Nacional de Educação Infantil (MEC, 1998) e nos quatro pilares da Educação do Relatório Jacques Delors (UNESCO, 2001), que atingem as competências cognitivas, produtivas, sociais e pessoais.

Em 2006, a Ação atendeu 4.400 pessoas, entre crianças, adolescentes e jovens com os programas Primeiras Letras, Crê-Ser e Preparação para o Trabalho. A eficácia é medida pelo SAMIS – Sistema de Avaliação de Mudanças e Impactos Sociais, conjunto de indicadores de resultados que acompanham, periodicamente, a trajetória dos alunos. Este sistema está preparado para fornecer resultados analíticos por aluno e por turma, e sintéticos por Comunidade e por Programa, além de possibilitar o levantamento do perfil dos alunos e das famílias.

A Ação Comunitária é administrada profissionalmente e conta com um Conselho Diretor voluntário, constituído por empresários e executivos de importantes companhias do País. A captação de recursos é feita por meio da comercialização de brindes, cartões de Natal e apoio através de patrocínios de empresas e parceiros.

Site: www.acomunitaria.org.br

© IntelectoRH Todos os Direitos Reservados